A Crise não é uma Entidade Suprema.

Nem sequer é uma crise: a queda ou seja o que for que está a acontecer ao capitalismo é uma Mudança.

Confesso que nunca consegui perceber a economia, com as suas bolsas e taxas de juro e spreads e dinheiro que não existe. Mas centrar páginas e reportagens e publicidade em histórias do povo que já quase não consegue alimentar a família, coitadinho, enquanto o iPhone esgota, parece-me excessivo. (Claro que os iPhones foram comprados a crédito, o que torna o panorama ainda mais idiota.)

Sim, é bom debater problemas, mas este histerismo não me soa a perguntas que buscam respostas. Estamos a acolher e a acomodarmo-nos à Crise com uma facilidade tal que quase diria que gostamos dela. Porque agora temos uma desculpa à escala global para o nosso adorado queixume?

Advertisements

One thought on “crisa-mos

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s