os pontos soltos que fui criando
e dispondo por mim
como uma constelação à espera
de ser formada

pequenas luzes dispersas
que me lançaram na queda
por não terem rectas
que me guiassem

encontrei linhas
com laços e nós
desfazendo-se sempre
entre os dedos ansiosos
agora calmos – ainda nus
que apontam os pontos
que julgam estar
por toda a parte

reconheço-te nos espaços vazios
mas não te posso querer
só por me ver só

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s