queer

Nathan: You’re straight, you don’t know anything.
Donna: I’m black. And I’m a girl. Try that for a week.

Se a homossexualidade fosse considerada norma e a heterossexualidade desvio, havia séries destas aos pontapés. E era muito bom.
A 2: já nos tinha mostrado o que a SIC Radical agora repete: a brilhante série Queer as Folk, em português, Diferentes Como Nós.

A personagem central é Stuart, um engatatão ricaço e muito filho da mãezinha dele, que tem o irritante hábito de nunca se lembrar do nome das pessoas com quem dorme (antes, durante ou depois).
Já o seu melhor amigo, Vince, é um querido e nunca tem sorte nas conquistas que tenta fazer (em parte por estar apaixonado por Stuart desde a adolescência).
Para ajudar à festa aparece Nathan, um miúdo de 15 anos nada tímido que, após perder a virgindade com Stuart, persegue-o por Manchester inteira e é descartado sem piedade… por enquanto.

O sucesso da série foi tal que já há sósias na América e na Austrália, apesar de ter sido criticada por ser demasiado sexual – como se as “nossas” também não o fossem.
É crua, hilariante e devia ser impigida a homófobos como tratamento de choque.

Horários:
3ªs às 5h
5ªs à meia-noite
madrugada de Sábado para Domingo, à 1h
Domingos às 23h30 (dois episódios).

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s